Saturday, September 30, 2006

No Leste da europa a direita reacionária apodrece!

Nota: Na Polónia bastião da direita recionária e anti-comunista apodrece na sua própria corrupção. O regime anti-comunista está cada vez mais repudiado pelo povo. O sistema fascista putrefacto entrou em decomposição.

28-09-2006

Dois terços dos poloneses querem renúncia do primeiro-ministro

Dois poloneses em cada três desejam a renúncia do primeiro-ministro Jaroslaw Kaczynski, segundo várias pesquisas publicadas pela mídia do país após a divulgação de vídeos, filmados com câmeras escondidas, que mostram os direitistas procurando subornar uma deputada da oposição.

A rede de televisão TVN exibiu várias gravações nas quais Adam Lipinski, chefe de gabinete do premiê, oferece a uma deputada o cargo de vice-ministra da Agricultura em troca de sua saída do grupo parlamentar que integra e de seu apoio ao governo.

De acordo com todas as sondagens feitas por telefone na quarta-feira pelos principais institutos de pesquisa do país, mais de 60% dos poloneses desejam a demissão de Kaczynski. As pesquisas ouviram de 400 a 1.200 pessoas e têm margem de erro de 3% a 4,4%.

Interrogados pelo instituto TNS OBOP sobre as intenções de voto em caso de eleições antecipadas, 34% dos poloneses afirmaram que apoiariam o partido liberal de oposição PO, à frente dos conservadores, dos populistas de Samoobrona e da esquerda pós-comunista SLD, que contam respectivamente com 24%, 7% e 6% de apoio dos entrevistados.

Após o fim da aliança com o Samoobrona na semana passada, os direitistas do partido Direito e Justiça (PiS), dos gêmeos Kaczynski, que têm 154 deputados de 460, buscam uma nova maioria parlamentar, para evitar eleições antecipadas.

Os Kaczynski podem contar com a extrema-direita e tentam o apoio do partido rural PSL (25 deputados), assim como com congressistas independentes e que abandonaram o Samoobrona.

Da redação, com agências
Fonte: Diário Vermelho

0 Comments:

Post a Comment

<< Home