Saturday, August 26, 2006

México: Candidato progressista vence eleições em Chiapas

25/08/2006

Após quase uma semana de expectativa, o estado mexicano de Chiapas já sabe quem será seu próximo governador: trata-se do candidato progressista Juan Sabines, do PRD (Partido da Revolução Democrática), que derrotou o conservador Juan Antonio Aguilar, do PRI (Partido Revolucionário Institucional), por uma diferença de pouco mais de seis mil votos.

Chiapas quis: Sabines será o governador até 2010

Sabines é da mesma coligação que o candidato a Presidência Lopez Obrador, que vem liderando desde 2 de julho uma resistência civil em todo o país para garantir a lisura das eleições presidenciais e a recontagem de todos os seus votos. O resultado oficial da eleição para governador de Chiapas só deve ser divulgado no próximo domingo (27/8), mas a diferença de seis mil votos se confirmou após a recontagem de todas as urnas do estado. Das 24 áreas em que o estado é dividido, Sabines foi o vencedor em 14, com um total de 553.340 votos. Apesar da vantagem conquistada, representantes da coligação encabeçada pelo PRD dizem que, assim como nas eleições presidenciais, também houve fraude em Chiapas. "Nem assim o candidato conservador conseguiu superar os votos de Sabines. Temos a sustentação legal necessária para ampliarmos essa vantagem", disse Gabriel Avila, liderança do PRD na região.

Pobreza e guerrilha

O eleitorado de Chiapas soma 2,5 milhões de eleitores e a votação, ocorrida no último domingo, transcorreu sem incidentes apesar da aguda polarização. A população chega a 4 milhões, dos quais 1,3 milhão são indígenas. O estado é o mais meridional do México, e também o mais pobre, social e economicamente semelhante aos países da vizinha América Central. O estado de Chiapas tornou-se mundialmente conhecido no fim de 1994, quando o Exército Zapatista de Libertação Nacional lançou um efêmero movimento de guerrilhas e projetou a figura carismática do ''subcomandante Marcos''.

La Jornada

0 Comments:

Post a Comment

<< Home